Danilo estamos torcendo por você

Publicado em blog | Publicar um comentário

Saúde bucal dos idosos

A saúde bucal depende principalmente da remoção da placa bacteriana (microorganismos + restos alimetares), que fica aderida aos dentes e/ou próteses (dentaduras e pontes móveis). Com esta medida podemos evitar a cárie, a doença periodontal (da gengiva) e algumas enfermidades na mucosa bucal. A higiene bucal é realizada com escova dental macia + pasta dental com flúor + fio ou fita dental + limpador de lingual. Este procedimento deve ser feito ao acordar, após as refeições e antes de dormir.

Algumas doenças bucais podem causar problemas em outros locais do corpo e vice-cersa.

Todas as próteses, dentaduras e pontes móveis ou fixas devem estar bem adaptadas entre si e estas na boca, para poder mastigar com eficiência. Não devem machucar e precisam ser limpas diariamente de forma correta. A falta delas prejudicará seriamente a saúde bucal e geral. Alguns idosos precisam de ajuda para realizar a sua higiene bucal.

Um problema comum nos idosos é a falta ou redução de saliva, sua diminuição é chamada de hipossalivação. Ocasiona o aparecimento de cáries, doença periodontal, má adaptação das próteses, dificuldade para falar, mastigar e engolir. É causada pelos remédios, doenças crônico-degenerativas, desidratação das pessoas, dentre outros. Deve-se tomar 2 litros de água por dia, independente de sentir sede ou não.

Examine sua boca com cuidado e atenção uma vez ao mês, no espelho e com bastante luz. Se perceber alterações de cor, volume, feridas ou manchas, procure um dentista imediatamente.

Uma boca bem cuidada proporcionará saúde, uma melhor qualidade de vida, auto-estima, um sorriso acolhedor e uma estética favorável.

Lembre-se: seu sorriso é um cartão de visita!

Em caso de dúvidas procure um dentista.

Publicado em blog, dicas, Uncategorized, voce sabia | Publicar um comentário

Mau Hálito

Todas as pessoas têm mau hálito?
Se considerássemos o hálito desagradável ao acordar, praticamente 100% da população seria portadora de halitose. Por isso, o hálito da manhã é considerado fisiológico. Ele acontece devido à leve hipoglicernia, à redução do fluxo salivar para virtualmente zero durante o sono e ao aumento da flora bacteriana anaeróbia proteolítica. Quando esses microrganismos atuam sobre restos epiteliais descamados da mucosa bucal e sobre proteínas da própria saliva, geram componentes de cheiro desagradável (metilmercaptana, dimetilsulfeto e principalmente sulfidreto, que tem cheiro de ovo podre). São os compostos sulfurados voláteis, conhecidos abreviadamente por CSV. Após a higiene dos dentes (com fio dental e escova), da língua (com limpador lingual) e após a primeira refeição (café da manhã), a halitose matinal deve desaparecer. Caso isso não aconteça, podemos considerar que o indivíduo tem mau hálito e que este precisa ser investigado e tratado.

É possível que eu tenha mau hálito e não saiba disso?
Sim. As pessoas que têm um mau hálito constante, por fadiga olfatória, não percebem seu próprio hálito. Somente as pessoas que têm períodos de halitose e períodos de normalidade conseguem percebê-lo.

Como eu posso saber se tenho ou não mau hálito?
A maneira mais simples de identificá-lo é pedir a um familiar ou a um amigo de confiança que faça essa avaliação para você. Caso você identifique o problema ou caso você se sinta constrangido a pedir a alguém que o avalie, pode procurar um dentista para que este possa ajudá-lo no diagnóstico e no tratamento da halitose. Atualmente, e cada vez mais, existem dentistas interessados no assunto, e muitos deles até já dispõem de um aparelho para medir e avaliar seu potencial de lialitose.

Então, dá para se medir o hálito?
Sim, atualmente existe à disposição dos profissionais interessados um aparelho chamado Halimeter, que é capaz de medir compostos sulfurados voláteis e que serve para orientar quanto à gravidade da lialitose e quanto à melhora e à cura durante o tratamento. Também é útil para demonstrar claramente para certos pacientes que eles não possuem nenhum cheiro desagradável na boca, quando este é o caso. Certos pacientes halitofóbicos ficam muito apreensivos, com medo de terem lialitose e desconhecerem o fato.

Publicado em blog, dicas | Publicar um comentário

Gestantes

As medidas preventivas começam com as gestantes, aprendendo como limpar a cavidade oral do seu bebê, sabendo da importância da amamentação, como se faz a transmissão de cárie para o bebê;

A gestação também não é causa de cárie;

Procure seu dentista para melhores orientações.

Publicado em blog, dicas | Publicar um comentário

Prevenção

  • Use escova macia e escove os dentes superiores de cima para baixo e os da arcada inferior de baixo para cima bem próximo da gengiva;
  • Escove os dentes após cada refeição e antes de dormir;
  • Passe o fio dental entre os dentes pelo menos uma vez ao dia;
  • Escove a sua língua, pois ela acumula bactérias;
  • Visite o dentista regularmente para que ele possa tratá-lo
    preventivamente.
Publicado em blog, dicas | Publicar um comentário

Apnéia do Sono

A apnéia do sono interrompe a respiração durante a noite, por períodos de até 10 segundos.
As pessoas não tem consciência desse problema que geralmente vem acompanhado de ronco.
A apnéia do sono pode causar várias complicações até cardíacas, pulmonares e pressão alta.
A Dra. Ângela trouxe o que há de mais moderno no tratamento deste problema

Agende sua consulta.

Publicado em blog, voce sabia | Publicar um comentário

Slide 1

Publicado em destaques | Publicar um comentário

slide

Publicado em destaques | Publicar um comentário